Archive of ‘Press’ category

Entrevista Zen Energy e Vegan Fair

Cá vai a entrevista feita para a Revista Zen Energy e para a Vegan Fair. Espero que gostem e que seja interessante! Conto um pouco do percurso do The Love Food até hoje e um bocadinho de mim. Desculpem o meu ar cansado e olheirento, mas tenho um bebé em casa fascinado por tudo e que acha que não deve dormir para não perder pitada. Apesar disso estou super feliz pelo convite e por estar para aqui a falar destas coisas que me apaixonam. A entrevista inteira vai sair na revista ZEN ENERGY de Novembro!

Porquê um “Compromisso de Autenticidade”?




Porque é que o The Love Food passou a ter um “Compromisso de Autenticidade” (que pode ler abaixo, na íntegra) anunciado em destaque? A razão que me levou a colocá-lo é a mesma que me obriga a publicar esta importante mensagem – para a qual desde já peço a vossa paciente atenção.
Tenho recebido várias mensagens de pessoas que se queixam de haver blogs de culinária que basicamente se limitam a apresentar receitas de outros autores, inclusivamente copiando até, de uma maneira ou de outra, as imagens dos blogs que reproduzem, tratando-se de casos pouco inocentes de plágio – mesmo quando, ainda que discretamente, estes bloggers façam referência à fonte (embora não o façam sempre). Quem me tem escrito a este respeito tem-me também dito que há receitas do The Love Food que estão a ser apresentadas noutros blogs de culinária como se fossem da autoria dos mesmos, sem qualquer crédito dado ao The Love Food. Estas pessoas pediram-me para tomar uma posição acerca destes assuntos e eis que o estou a fazer, porque me parece importante.
Queria, antes de mais, citar o novo Compromisso de Autenticidade do The Love Food, porque é de toda a pertinência enquadrá-lo nesta mensagem:
Porque um dos principais objectivos do The Love Food é tornar a culinária e comida vegana o mais interessante, estimulante, inovadora e simples possível, todas as receitas do The Love Food são originais e resultam de um constante trabalho de pesquisa e experimentação para apurar as melhores e mais acessíveis fórmulas para atingir este objectivo. No entanto, porque prezamos a nossa criatividade tanto quanto respeitamos a de outros autores, nas raras ocasiões em que as receitas apresentadas noThe Love Food se inspiram em receitas de outros autores, tal é explicitamente referido.
The Love Food é uma marca registada, protegida nos termos da lei pelos direitos da propriedade industrial.
CITAR O THE LOVE FOOD
Sinta-se à vontade para citar estas receitas no seu blogue ou em qualquer outro espaço seu na Internet – mas, se e quando o fizer, por favor cite o The Love Food como fonte. Obrigada.
Confesso que, embora possa partilhar a indignação de quem me tem escrito sobre esta questão, acredito que cabe a cada pessoa decidir se vale (ou não) a pena seguir um blog ou autor que não é original e que escolhe, de maneira mais discreta ou ostensiva, reproduzir apenas o trabalho dos outros. Cada leitor é livre de avaliar aquilo que lê e, se estiver descontente com o que quer que seja, nomeadamente com os aspectos a que aqui me refiro, tomar uma atitude que pode passar por simplesmente deixar de seguir esse blog, escrever ao autor desse blog dando-lhe conta dessa indignação, ou mesmo, se for caso disso, denunciar um eventual caso de plágio. Na verdade, de algum modo, foi isso mesmo que aconteceu com Mafalda Pinto Leite, que chegou a ter um programa de culinária na SIC Mulher e a assinar receitas em publicações portuguesas e cujo trabalho foi denunciado por leitores como plágio (podem saber mais acerca desse caso lendo a seguinte notícia:
No que me diz respeito, e tal como é descrito no Compromisso de Autenticidade do The Love Food, o que para mim faz sentido no meu envolvimento com a culinária (no meu caso, vegana) – que é, para mim, uma paixão e é, ao mesmo tempo, de algum modo, uma causa – é precisamente experimentar, descobrir, pesquisar e desenvolver novas receitas e fórmulas inovadoras de preparar comida vegana simples, acessível a todos e capaz de seduzir e satisfazer qualquer pessoa, seja ela vegetariana ou não. Claro que adoro consultar livros de receitas (desde sempre que adoro fazê-lo) e gosto muito de conhecer os bons exemplos de cozinheiros talentosos e criativos que admiro e cujo trabalho sigo. Claro que são uma inspiração. Mas sinceramente não me imagino a copiar de modo algum o trabalho deles ou de quem quer que seja. Isso é algo com que não simpatizo de todo. Por isso, o trabalho que desenvolvo é meu, resulta do interesse vibrante que tenho pela culinária e da criatividade que desperta em mim e tenho o maior gosto em partilhá-lo com todos. Foi para isso que criei o The Love Food e, embora peça sempre a quem quiser colocar as receitas do The Love Food nos seus sites e blogues que coloquem os devidos créditos, se o não fizerem também não vou perseguir ninguém por isso. Vou, isso sim, continuar concentrada no meu trabalho, mesmo até porque, como se viu no caso que acima cito, normalmente as cópias são como a mentira… têm perna curta.
You might also like
copyright (c) The Love Food - Maria de Oliveira Dias - all rights reserved