[line]

Sempre que estou com a família acabo sempre por me sujeitar aos restaurantes que eles, carnívoros inveterados para meu grande desgosto, escolhem. Desta vez fui eu que escolhi um restaurante que já estava na minha mira há algum tempo: o Em Carne Viva.

O espaço é lindo e o serviço é impecável. No fim-de-semana o serviço é à la carte, o que torna tudo mais caro, mas durante a semana o menu é 9,50€ com bebida, sopa, couvert e prato. Às segundas é 8,00€ para celebrar a Segundas Sem Carne.

IMG_2466 IMG_2467

Mesmo com dois sobrinhos que baseiam a sua dieta em salsichas (eles vão-me matar quando virem isto), o pessoal conseguiu arranjar um menu com chips, arroz (de beterraba) e salsichas (veganas, claro!). Família feliz.

Relativamente ao couvert o pão é óptimo e é servido com uma tapenade que apetece comer à colher. Para entrada as escolhas foram diversas, desde a sopa do dia ao Caldo Verde Especial, passando pelos Cogumelos à Bulhão Pato e aos Portobellos Recheados. Estavam todas óptimas!

IMG_2468

Para o prato principal eu escolhi o Sem Espinhas à Lagareiro, com tofu fatiado e grelhado sobre uma cama de grelos e acompanhado por batata a murro. Ah, e com broa crocante por cima. Estava bom mas seco.  Pela mesa pediu-se ainda a francesinha, que não é vegana mas tem muito bom aspecto (o molho é muito bom!), e o prato de seitan parece saído do Masterchef, com um puré de favas e um molho de vinho do Porto cor-de-rosa e, segundo consta, é muito bom!

IMG_2470 IMG_2471 IMG_2472 IMG_2473 IMG_2475 IMG_2476 IMG_2477 IMG_2478 IMG_2479IMG_2480IMG_2483

 

As sobremesas pareciam todas deliciosas e foi escolhido o pão-de-ló de chocolate em massa filo e um cheesecake de caipirinha mesmo para acabar o almoço em grande. Quem provou achou di-vi-nal.[line]

IMG_2482Aconselho-vos vivamente a experimentar! E não é todos os dias que se vêem pratos tão bonitos! Fica no Porto, na Av. Da Boavista 868, quase a chegar à Casa da Música. Vão passear!

2 comments

  1. É sem dúvida um dos meus de eleição aqui no Porto! Os cogumelos à bulhão pato foram uma surpresa para mim, a francesinha também já experimentei e gostei muito, se bem que comparativamente aos outros pratos achei que era um “exagero” de comida! o sem espinhas é bastante bom, talvez se fosse o filete um pouco mais alto não ficasse tão seco! Também já provei o cheesecake de caipirinha…de-li-ci-oso! O jardim, em dias de sol é um encanto!

    Para ires com a família, na próxima vez, é uma boa ideia experimentarem o Essência na Rua de Pedro Hispano, cuja ementa se dispersa por todos os gostos! Não sei se já tinhas falado nele por aqui, mas é um dos meus preferidos também!

    1. Xana!!! <3
      A francesinha é um exagero de comida, mas se pensares que quem come mesmo uma francesinha ainda vai comer o dobro do pão e uma tonelada de carne lá por dentro, aquela é muito levezinha 🙂
      Tens toda a razão! Se o tofu fosse marinado e fosse mais alto não ficaria tão seco e sensaborão.
      Já fui várias vezes ao Essência, mas aí a família tem sempre um plano de escape para fugir porque eles têm várias opções não-vegetarianas. De vez em quando gosto de os encurralar 🙂 No Verão é óptimo comer no jardim! Tenho de ir lá outra vez. Queres vir? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*