[line]

O Verão pede almoços ou jantares demorados ao ar livre e é a abertura oficial da época dos barbecues. Para um vegano um barbecue “tradicional” pode ser um pesadelo mas eu estou perita em veganizar os barbecues dos quintais deste pequeno país e a conquistar pela boca (sempre a melhor maneira de conquistar alguém) os mais acérrimos defensores de que um churrasco não é churrasco sem barriga de porco.

Há vários legumes que se podem assar num grelhador e que ficam incrivelmente deliciosos, tais como:

  • Abóbora
  • Beringela
  • Courgette
  • Tomate
  • Pimentos
  • Cogumelos pleurotos ou Portobello

Todos estes legumes cortados às tiras, marinados com uma pitada de sal grosso e um fio de azeite (importante, para não não colar!), fazem um brilharete.

Para além dos legumes ainda pode apostar num seitan ou tofu (o fumado fica delicioso!) às tiras, depois de marinado durante 1 noite nos sabores que preferir. Para marinadas dou estas três sugestões:

 Tipo “vinha d’alhos”

  • Para 250 gr de seitan ou tofu
  • Sumo de 1 limão
  • Vinho branco
  • Muito dentes de alho esmagados
  • Pimenta preta
  • 2 a 3 colheres de sopa de pimentão doce
  • 1 colher de sopa de paprica fumada (opcional, eu é que ando viciada)
  • um fio de azeite para não se agarrar tudo à grelha

Limão e ervas

  • Muito sumo de limão
  • Duas colheres de sopa de vinho branco
  • Dentes de alho esmagados
  • Ervas aromáticas frescas

Satay

Veja aqui

Vá regando ou pincelando o seitan ou o tofu com a marinada enquanto grelha.

Para além destas iguarias pode ainda fazer uma arrozada de tomate, umas migas, qualquer coisa que encha os olhos aos apoiantes das barrigas de porco.

Para entrada ou para aproveitar os restos de um barbecue (foi o meu caso), este pesto de pimentos vermelhos é perfeito! Para mergulhar o pão ou para servir de molho aos legumes grelhados fica uma delícia, e, para além disso, pode ainda servir de base para pizzas, molho para a massa e para comer à colher. Quanto mais água juntar mais líquido fica (óbvio), por isso vá juntando aos poucos até atingir a consistência que prefere.

Para uma chávena/xícara de molho

  • 1 pimento vermelho assado sem pele (grande)
  • 1 mão cheia de folhas de manjericão
  • 1 mão de salsa
  • 1 colher de sopa de levedura/levedo de cerveja
  • 1 dente de alho
  • água
  • um fio de azeite
  • sal

Triture tudo com a varinha mágica ou com o processador até estar cremoso.

Fácil, hein?! E fica uma maravilha!

 E agora vamos lá tornar os churrascos saudáveis!

Total
1
Shares

2 comments

  1. Nossa amei não conhece nada sobre esta alimentação, por favor como posso descobrir mais
    sobre esta alimentação, me envie por e-mail onde posso adquirir livros com receitas etc.]
    Aguardo retorno, obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*