[line]Esta receita é uma perdição!

A couve-flor é um legume mal amado. Eu sinto por ela porque vejo que tem muito potencial mas é sempre cozinhada da mesma forma, pobrezita: enfiada num panelão de água, cozida, normalmente muito cozida. Depois jaz no canto do prato, a coitada. Mas a vida mudou para esta couve-flor e cá está um béchamel super simples e leve que a pôs a brilhar sozinha! Use este molho sempre que quiser algo de cremoso por cima de uma prato: ora para uma lasanha de legumes, ora para um esparguete com cogumelos e natas, retirando as natas, ora para gratinar, para comer simples.. enfim, é um molho muito versátil que se adapta muito bem a todas as ocasiões. E evita usar lactinínios e margarinas!

 Pode rechar as courgettes com o que quiser.  Qualquer resto de quinoa ou de arroz, ou mesmo um chilli ou uma bolonhesa ficariam bem! Esta receita funciona maravilhosamente com arroz ou com quinoa, já fiz com os dois e fica supimpa! E combinado com o béchamel fica oh la la! Experimente (é comprida mas é muito fácil de fazer, garanto)!

Para o molho béchamel

  • ½ couve flor cortada aos pedaços
  • sal
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher de sopa de levedura de cerveja em flocos (em flocos é mais suave)
  • pimenta preta/do reino a gosto
  • 2 colheres de sopa de leite vegetal sem açúcar ou natas de soja/creme de leite (opcional, mas confere cremosidade)

Coza a couve-flor em água ou a vapor com um pouco de sal (se usar).

Quando estiver tenra, escorra-a bem. Reserve.

Entretanto refogue a cebola até estar translúcida. Junte o alho e deixe dourar mais um pouco (mais 2 mn). Reserve.

Triture no liquidificador ou no processador a couve-flor cozida e o refogado. Junte a levedura de cerveja, o leite ou as natas e a pimenta preta e triture até ficar muuuuito cremoso.

 Se ficar muito grosso junte um pouco da água de cozedura ou um pouco mais de leite ou natas/creme de leite.

[line]

Para o recheio

  • ½ chávena/xícara de arroz basmati ou de quinoa
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher de chá de açafrão das índias/tumérico
  • polpa da courgette
  • 1 pitada de cominhos
  • coentros picados
  • ½ maçã picada
  • raspa de meio limão

Coloque um fio de azeite numa panela. Junte a cebola e deixe ficar translúcida. Depois junte o alho, os cominhos e o açafrão e mexa durante uns segundos, para o açafrão e os cominhos soltarem as maravilhas que existem neles. Junte a polpa da courgette, a maçã e os coentros picados em envolva tudo muito bem.

 Se fizer arroz:

Junte o arroz e envolva. Deite 1 chávena/xícara de água, tempere com sal e deixe cozinhar 10mn. No final desse tempo desligue do lume, espere 2 minutos e depois reserve para rechear as courgettes.

 Se fizer quinoa:

Junte o arroz e envolva. Deite 1 1/2 chávenas/xícaras de água, tempere com sal e deixe cozinhar 10mn ou até a água se evaporar. Solte os grãos com um garfo. Cuidado para não cozer demais e ficar uma papa! Quando a água estiver quase toda evaporada, desligue o lume. Ela acaba de cozinhar sozinha.

 Para as courgettes e o resto

  • Sal
  • Pão ralado
  • Azeite

Corte-as a meio longitudinalmente. Retire a polpa com ajuda de uma colher. Salpique o interior com um pouco de sal.

Pré-aqueça o forno a 180ºC

Recheie as courgetes com o arroz ou a quinoa. Coloque o béchamel por cima de cada “barquinho” e polvilhe com pão ralado. Regue com um fio de azeite muito fininho, só para garantir que o pão ralado fica crocante.

Leve ao forno durante 20 a 30 mn, ou até as courgettes estarem tenras.

Bom apetite! 

Total
17
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*