A Isaurita é a minha avó. Era uma exímia cozinheira e uma grande avó, apesar dos seus 1,50m. Deixou-nos, e faz muita, muita falta. Eu não sei como é que a Isaurita fazia o rancho com que me alimentou (e à família toda) quando era pequenina e depois menos pequenina, mas sei a que é que sabia. E esta receita é muito semelhante ao rancho da Isaurita. Mas o da Isaurita sabia melhor, porque era feito pela Isaurita!
À memória da minha vóvó.
2 dentes de alho picados
1 cebola picada

1 cenoura cortada às meias luas
1 folha de louro
1 couve cortada aos pedaços (repolho ou coração)
1 tomate bem maduro
2 chávenas de grão-de-bico cozido
1 batata média cortada aos pedaços
 2 mãos cheias de macarrão ou macarronete
100 gr de seitan em vinha d’alhos (opcional)
5 ou 6 rodelas de chouriço vegano (opcional)
1 colher de sopa de pimentão-doce

Para cozer o grão-de-bico
Demolhe o grão-de-bico seco em água. Eu costumo usar 3 vezes mais água do que grão-de-bico, para ele poder inchar à vontade. Deixe ficar a demolhar durante 1 noite.
No dia seguinte coza-o numa panela grande cheia de água. Deixe cozer durante 2 horas, ou até o grão-de-bico ficar tenro. Tempere com sal apenas no final da cozedura, para não ficar duro.
Se sobrar grão-de-bico, coloque-o num tupperware no frigorífico, onde se aguenta 4 dias. Se puder, congele em saquinhos, e aí dura muito tempo.

Para o seitan em vinha d’alhos
100 gr de seitan
3 dentes de alho aos pedaços
1 folha de louro
Vinho branco
2 colheres de sopa de vinagre de vinho
1 colher de chá de pimentão-doce
Corte o seitan aos pedaços. Regue com vinho até cobrir, junte os outros ingredientes e envolva. Deixe repousar uma noite. O seitan aguenta-se cerca de 4 dias nesta marinada.
Salteie o seitan numa frigideira com azeite, até ficar bem dourado. Reserve.

Para o rancho
Salteie as rodelas de chouriço numa frigideira com azeite. Reserve.
Coloque os alhos, a folha de louro, a cebola e as cenouras numa panela grande. Deixe-os cozinhar um pouco, com cuidado para não queimar os alhos. Junte o tomate e a couve, cubra tudo com água e deixe cozinhar até a couve e a cenoura começarem a ficar tenras.
Junte a massa, a batata, o seitan, o chouriço e o grão e deixe cozinhar até a massa estar cozida. Junte o pimentão-doce, envolva e deixe descansar 5 mn.
Sirva com um sorriso.

4 comments

  1. Adorei!! 😀 A minha sogra costuma fazer [coze as carnes à parte para nós ficarmos só com os legumes :)] e normalmente levo só chouriço para juntar e fica óptimo, mas esse seitan parece-me uma excelente adição! Para a próxima vou experimentar 😉

    **

  2. Olá querida Maria,

    para além de me teres ensinado a cozinhar pratos saborosos, queria te dizer que gosto muito da maneira como escreveste o manifesto deste blog. Queria perguntar-te se o posso partilhar, claro está, com a sua fonte.

    VIVA A VIDA!

    Grata por tudo

    1. Muito obrigada, do fundo do coração, pela tua mensagem tão gentil! Este blog foi feito para ser partilhado, para se trocarem ideias sobre receitas e lifestyle, e fico muito feliz se se partilhar, também, o Manifesto, que, no fundo, é toda a base do The Love Food. Por isso, sinta-se à vontade! Um abraço, Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*