Porque é que o The Love Food passou a ter um “Compromisso de Autenticidade” (que pode ler abaixo, na íntegra) anunciado em destaque? A razão que me levou a colocá-lo é a mesma que me obriga a publicar esta importante mensagem – para a qual desde já peço a vossa paciente atenção.
Tenho recebido várias mensagens de pessoas que se queixam de haver blogs de culinária que basicamente se limitam a apresentar receitas de outros autores, inclusivamente copiando até, de uma maneira ou de outra, as imagens dos blogs que reproduzem, tratando-se de casos pouco inocentes de plágio – mesmo quando, ainda que discretamente, estes bloggers façam referência à fonte (embora não o façam sempre). Quem me tem escrito a este respeito tem-me também dito que há receitas do The Love Food que estão a ser apresentadas noutros blogs de culinária como se fossem da autoria dos mesmos, sem qualquer crédito dado ao The Love Food. Estas pessoas pediram-me para tomar uma posição acerca destes assuntos e eis que o estou a fazer, porque me parece importante.
Queria, antes de mais, citar o novo Compromisso de Autenticidade do The Love Food, porque é de toda a pertinência enquadrá-lo nesta mensagem:
Porque um dos principais objectivos do The Love Food é tornar a culinária e comida vegana o mais interessante, estimulante, inovadora e simples possível, todas as receitas do The Love Food são originais e resultam de um constante trabalho de pesquisa e experimentação para apurar as melhores e mais acessíveis fórmulas para atingir este objectivo. No entanto, porque prezamos a nossa criatividade tanto quanto respeitamos a de outros autores, nas raras ocasiões em que as receitas apresentadas noThe Love Food se inspiram em receitas de outros autores, tal é explicitamente referido.
The Love Food é uma marca registada, protegida nos termos da lei pelos direitos da propriedade industrial.
CITAR O THE LOVE FOOD
Sinta-se à vontade para citar estas receitas no seu blogue ou em qualquer outro espaço seu na Internet – mas, se e quando o fizer, por favor cite o The Love Food como fonte. Obrigada.
Confesso que, embora possa partilhar a indignação de quem me tem escrito sobre esta questão, acredito que cabe a cada pessoa decidir se vale (ou não) a pena seguir um blog ou autor que não é original e que escolhe, de maneira mais discreta ou ostensiva, reproduzir apenas o trabalho dos outros. Cada leitor é livre de avaliar aquilo que lê e, se estiver descontente com o que quer que seja, nomeadamente com os aspectos a que aqui me refiro, tomar uma atitude que pode passar por simplesmente deixar de seguir esse blog, escrever ao autor desse blog dando-lhe conta dessa indignação, ou mesmo, se for caso disso, denunciar um eventual caso de plágio. Na verdade, de algum modo, foi isso mesmo que aconteceu com Mafalda Pinto Leite, que chegou a ter um programa de culinária na SIC Mulher e a assinar receitas em publicações portuguesas e cujo trabalho foi denunciado por leitores como plágio (podem saber mais acerca desse caso lendo a seguinte notícia:
No que me diz respeito, e tal como é descrito no Compromisso de Autenticidade do The Love Food, o que para mim faz sentido no meu envolvimento com a culinária (no meu caso, vegana) – que é, para mim, uma paixão e é, ao mesmo tempo, de algum modo, uma causa – é precisamente experimentar, descobrir, pesquisar e desenvolver novas receitas e fórmulas inovadoras de preparar comida vegana simples, acessível a todos e capaz de seduzir e satisfazer qualquer pessoa, seja ela vegetariana ou não. Claro que adoro consultar livros de receitas (desde sempre que adoro fazê-lo) e gosto muito de conhecer os bons exemplos de cozinheiros talentosos e criativos que admiro e cujo trabalho sigo. Claro que são uma inspiração. Mas sinceramente não me imagino a copiar de modo algum o trabalho deles ou de quem quer que seja. Isso é algo com que não simpatizo de todo. Por isso, o trabalho que desenvolvo é meu, resulta do interesse vibrante que tenho pela culinária e da criatividade que desperta em mim e tenho o maior gosto em partilhá-lo com todos. Foi para isso que criei o The Love Food e, embora peça sempre a quem quiser colocar as receitas do The Love Food nos seus sites e blogues que coloquem os devidos créditos, se o não fizerem também não vou perseguir ninguém por isso. Vou, isso sim, continuar concentrada no meu trabalho, mesmo até porque, como se viu no caso que acima cito, normalmente as cópias são como a mentira… têm perna curta.
Total
8
Shares

4 comments

  1. Ola Maria!
    Conheci recentemente o seu blog e trabalho e fiquei uma grande fa sua seguindo o blog e curtindo a sua pagina no facebook.

    Meu nome e Lori Ellis, sou vegana e tenho um blog de receitas que comecei em agosto do ano passado. Sou uma apaixonada pelo veganismo e por culinaria e tenho me dedicado com muito amor ao trabalho de testar e apresentar receitas simples e deliciosas aos meus leitores. Todas as receitas que apresento foram preparadas e fotografadas por mim.
    Nao sou profissional, isto e apenas um hobby para mim, e algo que eu amo fazer!

    Lendo o seu texto agora resolvi escrever e me solidarizar contigo pela desagradavel situacao que descreves ter acontecido com as suas receitas.

    Recentemente eu descobri que um blog e uma pagina vem postando as minhas receitas sem colocar o link. Isto me causou muita indignacao pois acho uma grande falta de respeito. E nao e que estas pessoas tenham feito a minha receita e publicado, elas simplesmente copiaram minha foto, meu texto e publicaram como se fosse delas.

    Por isto me solidarizo contigo, sei como e a sensacao de ver suas fotos, seus textos e receitas que voce testou, ficou horas na cozinha preparando e pessoas simplesmente copiam, nao sao capazes de colocar o link de origem e compartilham como se fossem delas.
    Assim e facil criar um blog em cima do trabalho dos outros.

    Achei otima a tua iniciativa em postar este texto e se posicionar diante do ocorrido.
    Espero que a partir de agora as pessoas entendam que tem que respeitar o teu trabalho e citar o link do teu blog.

    Lamento que isto tenha acontecido contigo. Mas nao te deixe abalar nao. Siga teu lindo caminho, tua linda missao!

    Desejo todo o sucesso do mundo para ti sempre!Que Deus te abencoe e proteja!
    Receba um grande abraco com muita admiracao!

    Lori Ellis

    1. Olá Lori!
      Muito obrigada pela sua mensagem tão gentil e positiva!
      Nem imagina a quantidade de pessoas que já me escreveram e que estão na mesma situação: a ver as suas receitas e fotografias roubadas, sem qualquer crédito. É realmente ultrajante!
      Eu tentei escrever por todas as pessoas que já foram roubadas, e são mesmo muitas! Aqui, em Portugal, houve o caso flagrante da Mafalda Pinto Leite, uma cozinheira que já publicou vários livros de receitas, tinha um programa de televisão, escrevia para várias revistas, e maior parte das suas receitas eram cópias literais de outras receitas! É um bom exemplo para se perceber o que se passa.
      O meu objectivo continuará sempre o mesmo: continuar a cozinhar, a criar receitas, a partilhá-las, e que muita gente as faça também e as partilhe!
      Muito sucesso e muita sorte para ti, Lori!
      Um abraço muito grande,
      Maria

  2. Ola
    descobri o seu blog e adoro, parebens!
    sobre a Mafalda Pinto Leite, nao entendo como nao se faz anda e se deixa que continue a publicar e fazer programas. Alem da gravidade de plagiar ela demonstra nao saber os termos correctos (julgo que se deve ao facto de copiar as receitas de sites em inlges) e para sourcream traduz como natas azedas, e acabei de ler no facebook dela que traduziu buttermilk como leite azedo…que falta de professionalismo.
    Sites como o seu sao de louvar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*