Como boa beirã que sou, aqui vai uma receita da minha terra, que aproveita os restos de broa que poderão ter sobrado daqui. Um excelente acompanhamento para tudo! Se vier passear para estes lados e não souber o que comer no restaurante, esta é sempre uma boa opção: é vegano e quase todos os restaurantes têm migas no seu menu (e atenção: só as da Beira é que são veganas. As migas do Alentejo têm carne). Junte a quantidade de broa que quiser, até meia broa pequena para duas pessoas


Receita para 2 pessoas
1 couve portuguesa grande ou um molho de grelos
400 gr de feijão-frade cozido
2 dentes de alho picados, laminados ou esmagados, como preferir
Uma chávena/xícara de broa (idealmente como feito aqui)
Bom azeite a gosto
Salsa para decorar
Coza a couve portuguesa (ou os grelos) em água com sal.


 

Quando estiver cozida, salteie-a numa frigideira larga com um pouco de azeite e os dentes de alho, durante 5 minutos.

Junte a broa e o feijão-frade, envolva bem, e deixe saltear 5 minutos. Se necessário, junte um pouco de água da cozedura das couves, para ficar mais molhadinho (eu prefiro sem a água).


Polvilhe com salsa picada, regue com um fio de bom azeite, e coma logo enquanto canta “Indo eu, indo eu, a caminho de Viseu/Encontrei o meu amor, ai Jesus que lá vou eu!”.

4 comments

  1. Experimentei fazer Not bacalhau com natas,no puré ,pus tambem batatas doces, azeite e sumo de limão. Divinal!
    Obrigado pela partilha!
    Ana

  2. Tem bom aspecto, mas de todos os feijões, o feijão frade é o único que eu não gosto mesmo nada. Nunca cozinho este feijão 🙁
    Achas que se fizer com feijão branco também fica gostoso?
    És da Beira Baixa? Adoro! Tenho casa perto da Serra da Estrela 🙂

    1. Sou da Beira Alta! E vejo a Serra da Estrela da minha janela 🙂 Em relação aos feijões, de certeza que funciona com outros feijões, mas os frades ficam mesmo bem, que pena não gostar! Acho que até com adzuki deve ficar bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*