Tive o privilégio de receber o livro “Alimentação Vegetariana para Bebés e Crianças” pelas mãos da autora, Gabriela Oliveira, na Vegan Party do passado dia 1. Como sabem, tenho uma família muito numerosa, mas não tenho nem bebés nem crianças em casa. Por isso, achei, antes de ler o livro, que o leria apenas para me informar sobre a alimentação vegetariana para crianças e bebés, uma matéria sobre a qual sou completamente leiga. Até que o comecei a ler. Aliás, até que o devorei.

Tornou-se imediatamente num livro de referência na minha cozinha (na verdade, anda a oscilar entre a minha mesinha de cabeceira e a minha cozinha). As informações que contem, apesar de muitas serem direccionadas para as mamãs e os seus rebentos, são fundamentais para qualquer vegano.

De escrita muito clara e simples, muito bem fundamentado e apoiado por inúmeros estudos científicos e estatísticas, este livro é uma enorme ajuda para todos aqueles que são ou querem ser veganos, ou simplesmente para quem é curioso sobre o assunto, e fundamental para as mães e pais que, naturalmente, desejam que os seus filhos tenham uma alimentação correcta e completa.

Para mim veio no momento certo. Tenho pesquisado cada vez mais sobre o tema da alimentação, nomeadamente sobre a alimentação saudável (por isso é que os meus bolos agora são só feitos com ingredientes naturais, baixos em gordura, com muitos purés de fruta e adoçados com xarope de agave biológico).

Quando era jovem J (há muitos anos atrás, quando saí de casa da mamã para ir estudar fora), apesar de ser vegetariana, não me preocupava minimamente com o que comia. De uma forma muito básica pode dizer-se que eu “enchia o bucho” com qualquer coisa, desde que não tivesse animais envolvidos. Isso significava que o meu almoço poderia ser constituído por uma travessa de batatas fritas com ketchupe o meu jantar uma sopa de pacote, daquelas em pó, com uma lata de ervilhas lá para dentro. Com o tempo, apesar de sempre ter feito muito desporto, comecei a aperceber-me das desvantagens da má alimentação no meu corpo. Mais recentemente tenho tentado ter uma alimentação completa e saudável, o que me levou a pesquisar e a ler muita coisa sobre o assunto (e, entretanto, criei o The Love Food).

Este livro, que tem muitas receitas para experimentar, vai acompanhar-me a partir de agora nas minhas incursões gastronómicas: não apenas no que vou escolher comer, mas também no que vou cozinhar e postar aqui.

Aconselho vivamente que o adquiram e que o leiam, e espero que seja tão útil para vocês como está a ser para mim. E dou, desde já, os parabéns à autora Gabriela Oliveira, também responsável pela fantástica reportagem sobre o veganismo na revista Tabu do jornal Sol (para a qual o The Love Food foi convidado), pelo excelente trabalho!

E fiquem atentos, vêm novas e deliciosas receitas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*