Lisboa está cheia de turistas e assim torna-se numa cidade mais viva e cosmopolita. Simultaneamente, transforma-se numa cidade caótica, porque não tem indicações suficientes para as pessoas se conseguirem orientar. Muito menos para os turistas, que andam por aí que nem baratas tontas, a tentar perceber onde estão e para onde vão usando mapas mal feitos. E é então que perguntam por indicações… e eu adoro ouvir os portugueses falar com os estrangeiros. Soltam a língua que, bem adaptada, funciona em inglês francês e espanhol, desde que coloquem bem os acentos e sotaques, e gesticulem com convicção. Mas do que eu gosto mesmo é de portunhol. Já tivemos algumas demonstrações públicas de alguns dos nossos políticos, em portunhol avançado (es preciso dos para danzar el tango, quem lembra?), mas os casos que se apanham na rua são igualmente interessantes.

 

Entonces, en bom portunhol, vengo para aqui dizier qué este chili sin carne… dios mio… es riquisimo, buenissimo, guapisimo, es oro rojo! Mira, usted tiene que expierimentar, si no no sabe lo qui pierde!

 

Este chili não é muito picante, mas isso é fácil de resolver. Junte uma malagueta sem sementes e bem picadinha ao refogado, e já terá aquele power!

 


Receita para dos personas

1 chávena/xícara cheia de soja granulada

2 a 3 chávenas/xícaras de água

3 colheres de sopa de molho de soja

 


1 cebola picada

1 pimento vermelho cortado às tiras

1 alho picado

Uma pitada de piri-piri em pó

1 pitada de cominhos

Uma colher de sopa de pimentão-doce (páprica)

4 tomates aos pedaços

¼ de chávena/xícara de vinho branco (eu usei rosé e ficou muy bueno)

200 g de polpa de tomate

250 g de feijão vermelho cozido

1 cubo de caldo de legumes

 

Demolhe a soja granulada na água com o molho de soja, durante 30 mn. No final desse tempo escorra-a muito bem e reserve.

 

Num tacho grande, refogue a cebola até estar translúcida. Junte os pimentos e deixe-os suar durante 5 mn. Adicione o alho e as especiarias e mexa bem. Junte a soja e envolva.

 

Junte os tomates e a polpa de tomate e envolva. Tempere com uma pitadinha de sal grosso, junte ½ chávena de água e o vinho e deixe cozinhar tapado durante uma hora. Adicione mais um pouco de água, se necessário.

 

Passado esse tempo, junte os feijões e o caldo de legumes, e deixe cozinhar destapado durante 20mn, até o molho engrossar e se tornar numa riquisima salsa roja.

 

Prove, e veja se precisa de mais temperos.

Desligue do lume e deixe-o repousar 10 a 20 mn, para o sabor se tornar mais “encorpado”e consistente.



Sirva com arroz branco.

Ponha aquele cd dos mariachis, um sombrero largo, e buen provecho!

 

 
 

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*