Há imensas receitas diferentes de guacamole, e esta é a minha e a que tenho feito mais regularmente. Já experimentei adicionar pedacinhos de tomate ou de pimento, sem coentros, com lima, mais picante, menos picante, enfim, uma panóplia de “tiras e pões”, até chegar a esta receita, a mais simples – e simple is beautiful. Gosto de usar um bocadinho de mayonnaise porque o torna mais cremoso, mas é opcional.
Aproveito para deixar algumas sugestões para usar o seu guacamole, mas eu confesso que adoro comê-lo à colher.
Receita para 2 pessoas

1 abacate maduro (está maduro quando, ao apertar, cede ligeiramente)

1/2 limão

1 pitada de sal fino

1 pitada de pimenta preta

1 pitada de alho em pó

1 colher de chá (não muito cheia) de mayonnaise vegana

Coentros q.b. (se possível só as folhas)

Corte o abacate ao meio e retire a casca (é só puxar, sai praticamente sozinha). Reserve o caroço.

Corte o abacate aos pedaços e esmague-o com um garfo. Junte todos os outros ingredientes e envolva.

Guarde no frigorífico entre 30 mn a 1 hora, com o caroço por cima para não escurecer. Não espere muito até comer e, sobretudo, não o guarde de um dia para o outro porque vai escurecer.

Use como recheio dos crepes de coentros (a receita está aqui): coloque um pouco de alface (alface iceberg fica deliciosa) temperada previamente com azeite e sal, eventualmente pedacinhos de tomate, porque não os restos de seitan ou de tofu que sobraram do almoço de ontem, e umas boas colheradas de guacamole? Enrole e delicie-se!
Também fica óptimo como “molho” de salada russa, em vez da mayonnaise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*