Esta é a nossa sobremesa favorita. Experimente, talvez se torne na sua também!
Receita para 4 pessoas

6 a 8 maçãs
1 colher de chá de canela

160 g de farinha integral
100 g de margarina vegana (use light, se preferir) aos pedacinhos
100 g de açúcar amarelo
1 colher de chá de canela
½ chávena (ou xícara) de flocos de aveia

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Descasque as maçãs e corte-as aos quadradinhos. Coloque-as numa panela, polvilhe com a canela e deixe cozinhar até perderem a água. Mexa de vez em quando, para não agarrarem.

Quando a maçã estiver pronta, coloque num prato de ir ao forno e deixe arrefecer um pouco.


Entretanto, numa taça junte a farinha, a margarina, o açúcar, a canela e a aveia. Misture ligeiramente com as mãos, incorporando a manteiga aos ingredientes secos. Use a ponta dos dedos para formar uma massa arenosa com pequenos caroços.


Deite esta massa por cima da maçã.


Leve ao forno durante 30 mn, ou até a crosta estar dourada.


Sirva morno ou frio. Fica óptimo acompanhado com uma bola de gelado vegano de baunilha, para uma sobremesa mais chique.

Fantástico, crocante e aveludado. Fácil de fazer. Saudável. E uma óptima maneira de aproveitar maçãs antigas (e os quilos de maçãs que as nossas macieiras nos deram!). Perfeito!

17 comments

  1. Obrigada eu! Eu acabei por não fazer gelado e fazer mousse (fui demasiado gulosa para esperar), mas creio que o melhor procedimento é fazer a mousse, colocar 1 ou 2 horas no congelador, mexer (ou à mão ou num robôt de cozinha) para o tornar mais cremoso, e voltar a pôr no congelador. Deve retirar-se do congelador com alguma antecedência antes de servir. Mas repito: eu não experimentei, por isso não sei como resulta… Boa sorte!

  2. Oi minha querida,
    Depois da Moqueca de Tofu, essa foi a receitinha da vez! E não é que deu certo!!!
    … QUE DELÍCIA!!!
    Levei em uma confraternização e todos amaram!

    Obrigada por me guiar nesse mundo mágico da culinária!
    Continuarei acompanhando seu blog e aprendendo contigo! 😉

    Muita luz e todo o meu amor,
    Vishuddha Prakriti

  3. Parabéns pelo blog, é bonito e inspirador, e hei-de voltar mais vezes. Apesar de cá em casa sermos todos omnívoros convictos, também temos uma horta e procuramos fazer uma dieta diversificada, com abundância de verduras, legumes e frutas, por isso gosto de experimentar todo o tipo de receitas.
    Também gosto muito de crumble, mas nunca experimentei misturar os flocos de aveia na massa, vou experimentar brevemente! Por outro lado, uso sempre as maçãs cruas, não as cozo antes, e o resultado é muito bom na mesma, pois o tempo de cozedura da massa é suficiente para cozinhar também as maçãs. Às vezes faço uma mistura de maçãs com marmelos, que também fica muito boa (mas nesse caso, dou uma cozedura prévia aos marmelos, que são mais duros). Outra variante que costumo fazer é com frutos vermelhos (morangos, amoras, framboesas, mirtilos… frescas ou congeladas, fica excelente de qualquer das formas!)

  4. Obrigada, Ana, pelo comentário, pelo apoio e pela partilha. Este crumble é muito agradável e crocante, e, apesar de já o ter feito com as maçãs cruas, creio que fica melhor com as maçãs “salteadas”, porque as torna mais aveludadas. A cobertura do crumble funciona perfeitamente com qualquer tipo de fruta, mas neste momento estamos inundados de maçãs, e é uma maneira perfeita de as escoar! Espero que experimente e goste das receitas do The Love Food, e seja sempre bem-vinda! Um abraço, Maria

  5. Querida Vishuddha Prakriti, que bom que voltou à sua cozinha para experimentar, desta vez, um docinho! Não imagina o quão feliz me deixa saber que o seu crumble foi um sucesso! Espero que o The Love Food possa continuar a dar-lhe as dicas necessárias para desenvolver este “mudo mágico da culinária”. Obrigada pelas suas palavras e pelo seu apoio. Continue! Um abraço, Maria

  6. Oi Maria! Td bem?

    Essa sobremesa parece ser fantástica! Eu vou fazer!!

    Só uma dúvida: esse açúcar amarelo, é o demerara ou o mascavo? (não sei se em Portugal são esses os nomes…).

    Beijão pra vc!

  7. Oi Celo! Obrigada pelo seu comentário e desculpe o atraso, mas foi difícil perceber qual o equivalente brasileiro do açúcar amarelo português, tive de contactar alguns amigos brasileiros para tirar dúvidas. Na verdade, não há nenhum equivalente! Mas pode ser utilizado açúcar demerara ou açúcar branco, normal, creio que o resultado final será igualmente bom! Experimente e depois conte-me como saiu! Um abraço, Maria

  8. Maria, muito obrigado por procurar saber o equivalente do açúcar amarelo.
    Eu ainda não fiz a receita, mas assim que fizer eu te falo como ficou!!

    Beijão!

  9. Olá Maria, acabei de experimentar esta receita e ficou óptima, usei flocos de aveia tostados para dar um sabor mais crocante. Adoro o teu blog e vou continuar seguir as tuas receitas.
    Mariana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*