Receita para 2 pessoas

Esta é uma receita muito fácil, saborosa, leve e cheia de proteínas. E económica! Sim, porque uma das principais críticas que tenho ouvido ao longo dos anos é que ser vegano não é económico, e esse é um dos principais mitos do veganismo que espero esclarecer com este blog. Ser vegano não é caro, basta comparar o preço do peixe e da carne com o preço do seitan, soja e tofu (a base da comida vegana). Aconselho que comprem produtos veganos nas lojas especializadas e não nos supermercados, ou arrisca-se a pagar o dobro e a ficar mal servido/a.

Durante anos não toquei em tofu e seitan porque os achava esponjosos e estranhos. Abria uma excepção para a soja, que, bem misturada, lá sabia a alguma coisa. Com o tempo (e o desenvolvimento dos produtos veganos – há 15 anos o leite de soja sabia a farinha!) fui-me apercebendo que, cozinhados da maneira certa, são excelentes. E não é preciso passar horas na cozinha para preparar uma refeição simples (outro dos mitos do veganismo). É mesmo verdade que se pode ser vegano e comer bem, de uma maneira simples e rápida. Esta receita é um bom exemplo disso.
O ideal é fazer a cebolada num tacho à parte, para que os bifes de seitan não percam o crocante.

Para a cebolada

• 2 cebolas grandes (brancas) cortadas finas
• 1 ou 2 pimentos vermelhos, limpos e cortados às tiras grosseiramente
• 2 colheres de sopa de polpa de tomate
• Azeite
• Sal
• Alho em pó

Num tacho anti-aderente, deite um fio de azeite (uma colher de sopa mal cheia) e junte as cebolas e os pimentos. Cubra com a tampa e deixe cozinhar em lume brando, mexendo de vez quando, até perderem todo o líquido. Assim que isso aconteça, acrescente um copo de água à cebolada e a polpa de tomate, e deixe cozinhar tapada. Estará pronta quando o pimento e a cebola ficarem macios, aveludados, e o molho tiver uma cor alaranjada (mais ou menos 30 mn). Quando atingir esse ponto, polvilhe com alho em pó e cozinhe em lume forte para evaporar a água quase toda.

Para os bifes de seitan


• 500 g de seitan cortado relativamente finos (nesta receita uso seitan da marca Shambala, que, na minha opinião, é a melhor para bifes porque o seitan já está temperado)
• Alho em pó
• Pimentão-doce (páprica)
• Pimenta preta
• Sal
• Salsa picada (salsinha)
• Azeite

Deite um fio de azeite numa frigideira anti-aderente e, assim que estiver quente, acrescente os bifes de seitan (não convém ficarem uns por cima dos outros). Polvilhe cada bife de seitan com pimentão, pimenta, alho, pimenta preta e sal. Assim que estiverem com um ar crocante e dourado, vire os bifes e tempere o outro lado. Estes temperos em pó acrescentam um crocante especial aos bifes por torrarem com o calor. O ideal é deixar fritar em lume brando, para não ficarem com pontinhos pretos agarrados…

Polvilhe os bifes com salsa picada e sirva com a cebolada. Qualquer acompanhamento é aconselhado – este prato fica bem com tudo! – arroz branco, massa, batatas fritas, cozidas, puré, etc.

Pode tirar da cabeça que o seitan sabe a carne, porque não sabe. Há produtos que imitam o sabor da carne ou do peixe (como fake meat, fake chicken, entre outros), mas não é o caso do seitan e seus companheiros. Há que reestruturar o palato para novos sabores, novas texturas e novos temperos. Até ao dia em que, ao provar um pedaço de carne (se ainda não é totalmente vegano/a), se vai queixar por não lhe saber a seitan.

3 comments

  1. Em nome Bioshambhala gostaria de agradecer a divulgação dos nossos produtos. Como todas as pequenas empresas como a nossa, é muito importante divulgação entre consumidores e Bloggers. UM MUITO OBRIGADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*